Buscar
  • Jorge William Kipper

Eclair

Você sabia que “bomba” é um doce que foi originado em Lyon, na França? Lá é chamado de “ÉCLAIR” e nesse idioma significa relâmpago, assim como “bomba” no Brasil diz respeito ao fato de, à primeira mordida, o doce “estourar” na boca com seu recheio cremoso. Em todo o resto do mundo este doce é conhecido como ÉCLAIR.



No século XVIII havia um doce muito conhecido e já muito consumido chamado Les Ducheses, feito de uma massa pré-cozida chamada pâte a choux modelada com o saco de confeiteiro no formato de um dedo, assada e enrolada em praliné de amêndoas (amêndoas crocantes cozidas em caramelo). Essa versão inovadora do doce fez surgir a ÉCLAIR que conhecemos hoje.



Quem renovou a guloseima, foi o maior especialista em pâte a choux – Antoine Carême (1784-1833), um chefe de pastelaria famosa pela realeza francesa. Foi ele que, já no século XIX, trouxe a perfeicão do ÉCLAIR, recheado de créme patissière ou créme chiboust e coberto com fondant de açúcar.





Marie-Antoine Carême

Apesar da inovação o doce ainda continuou com o nome original: Les Ducheses. Somente depois de 20 anos depois da morte de Careme é que surge o nome ÉCLAIR, que fora utilizada em uma propaganda do doce nas patisseries francesas da época. O que se dizia, segundo os anúncios, é que as pessoas que provavam as deliciosas Ducheses, achavam tão boas que as comiam rápido como um relâmpago.



ALGUMAS CURIOSIDADES SOBRE O ÉCLAIR:

  • Da frase original surgiu o seguinte dito francês: “Et un bon éclair se dévore toujours en un éclair!” (E uma boa bomba se devora sempre em um relâmpago – em português).

  • Carême era um garoto órfão de rua, conseguiu entrar na cozinha como ajudante e com o tempo construiu sua carreira de sucesso esculpindo doces inspirados em obras de arte.

  • Foi Carême quem deu à gastronomia o status de arte.

  • Foi o primeiro chef-celebridade, e soube se aproveitar da fama cobrando caro para trabalhar para clientes como o imperador Napoleão Bonaparte, o banqueiro James Mayer Rothschild, o Czar Alexandre I e o príncipe regente George IV, do Reino Unido.

  • É considerado o “rei dos cozinheiros e o cozinheiro dos reis” foi um ícone gastronômico

  • Segundo Wikipédia, Credita-se a ele a criação do tradicional chapéu de chef, o Toque.

  • Todos os anos acontece um concurso em Paris para eleição do melhor éclair au chocolat do ano.

Por falar nisso, a Itapanni também tem o seu FESTIVAL DE ÉCLAIR que já está virando tradição em Itapema – SC. Visite a página do Facebook da Itapanni e confira sempre as novidades.


Festival de Éclair – Itapanni


Este ano, o FESTIVAL DE ÉCLAIR acontece nos dias 15 e 16 de julho/2017 e a grande novidade é que além dos inúmeros sabores tradicionais, serão feitos também um linha exclusiva de doces feitos para pessoas que são intolerantes à lactose. Vale a pena conferir.

Na edição do Festival de Éclair de 2016, tivemos a sugestão da Éclair sem Lactose da nossa querida cliente Natália Morais que provou e postou lá na Fanpage do Facebook da Itapanni.


Fontes: blog Gastronomia & Cia; Ki Doçura Padaria

0 visualização